Imposto para veículos híbridos pode ter redução



De acordo com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDCI), Marcos Jorge de Lima, os veículos elétricos e híbridos poderão ter uma redução na porcentagem cobrada de IPI, Imposto sobre Produtos Industrializados.



Atualmente, são cobrados 25% de IPI dos automóveis híbridos e elétricos, mas, para criar um mercado desta tecnologia no Brasil, a intenção é que o imposto caia para 7%. Este novo regulamento do governo do país substituirá o programa Inovar-Auto na definição da política industrial automotiva. Desta forma, será estimulado o desenvolvimento e ampliação do mercado dos carros híbridos e elétricos, porém, ainda necessitam de algumas aprovações para o novo programa e a decisão final sobre o IPI cobrado.

Muitos fabricantes automotivos estão apenas esperando a nova legislação para poder trazer ao Brasil este tipo de tecnologia. Como, por exemplo, a Toyota, que lançou o automóvel Prius em 2017 e já teve 2497 unidades vendidas no país. A pretensão da fabricante agora é oferecer a versão flex deste veículo, ainda em 2018. No ano de 2014 os veículos elétricos e híbridos foram liberados do Imposto de Importação, que cobra 35%, e, agora, com 7% do IPI e o programa Rota 2030, os valores dos automóveis diminuirão e a indústria brasileira conseguirá gerar mais empregos e exportação.




Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.
Este site divulga conteúdos baseados em informações do Detran de seus respectivos Estados, e facilitando a vida do cidadão com informações sobre Multas, IPVA, CNH, Agendamentos, além de dicas sobre o trânsito e concursos públicos promovidos pelo órgão.
Dessa maneira, estamos à disposição do cidadão brasileiro para oferecer informações, e que esta se reverta em facilidades.