Novas regras para renovação da CNH serão revogadas


Na última semana foram estipuladas novas regras válidas para quem fosse renovar sua Carteira Nacional de Habilitação, CNH, após o mês de junho deste ano, porém, o Governo solicitou que estas novas normas sejam revogadas.



No dia 5 de junho de 2018 entraria em vigor as novas leis para a renovação da CNH, que seriam: fazer aulas teóricas de forma presencial ou à distância (10 horas de aula) e ser aprovado na prova teórica, com 30 questões (acertando o mínimo de 70% da prova), além das necessidades anteriores, como os exames médicos e o pagamento de taxas. Para obter a primeira CNH, o futuro motorista também precisaria fazer duas balizas e, quem fosse tirar a CNH para motos, deveria passar por exames de rua. Segundo o Denatran, este curso teórico seria obrigatório para atualizar os motoristas sobre as alterações das leis de trânsito.

Porém, no dia 17 durante à noite, o Ministério das Cidades divulgou a informação que estas novas regras para a CNH serão revogadas, pois, de acordo com o documento, o objetivo da anulação é não mudar a vida dos cidadãos que necessitam renovar sua carteira de motorista e não aumentar os custos deste processo. Este cancelamento foi determinado pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, pelo diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e pelo presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves e, segundo a assessoria da pasta, a formalização da anulação deve acontecer entre hoje, dia 19 de março, e amanhã, dia 20 de março de 2018.




Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.
Este site divulga conteúdos baseados em informações do Detran de seus respectivos Estados, e facilitando a vida do cidadão com informações sobre Multas, IPVA, CNH, Agendamentos, além de dicas sobre o trânsito e concursos públicos promovidos pelo órgão.
Dessa maneira, estamos à disposição do cidadão brasileiro para oferecer informações, e que esta se reverta em facilidades.