Para que uma pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida (PCD) tenha seus direitos garantidos, como a isenção de impostos e a aptidão para dirigir, ela precisa obter sua CNH especial.

Para tirar a CNH especial a pessoa precisa ter alguma doença ou deficiência que não afete a capacidade de dirigir e que esteja inclusa nas patologias para PCD. Lembrando que, se alguém tentar obter uma CNH especial sem portar uma destas patologias, esta pessoa receberá multa e pode ter o direito de dirigir suspenso.

Para tirar a carteira de motorista especial, o cidadão deve ter o mínimo de 18 anos e deve apresentar os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. Depois disso, o indivíduo passará por um exame físico e psicotécnico bastante minucioso e feito por uma equipe médica especializada e credenciada pelo Detran do estado. Serão estes especialistas que definirão se a pessoa está ou não apta a dirigir, quais as condições para isso e se o carro deverá ter algum tipo de adaptação.

Para realizar as aulas práticas da autoescola, a empresa deverá possuir o veículo adaptado para seu cliente, que deve realizar 45 horas aulas de direção, para, depois, fazer a prova prática. A CNH especial terá no campo “observações” as restrições que o condutor possui, identificadas por letras, como, por exemplo, no caso de quem necessita de lentes corretivas, quando é informada a letra A.


Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.