Concessionária Volkswagen não venderá mais Fusca no Brasil


Em 2012 foi lançado, no Salão do Automóvel de São Paulo, o hatch com motor 2.0 TSI de 200 cv de potência, ele era importado da fábrica de Puebla, localizada no México, mas, a nova versão não atingiu o objetivo pretendido e, desta forma, a Volkswagen pode deixar de fabricar o Fusca, um carro muito querido pelos brasileiros.



O primeiro veículo fabricado pela marca alemã, Volkswagen, foi o Fusca e isso aconteceu nos anos 30, as vendas foram tão altas no ano de 1972 que o carro foi considerado o mais vendido da história, com mais de 23 milhões de Fuscas vendidos. Porém, o modelo do Fusca atual não teve o mesmo sucesso, por isso, talvez a concessionária faça uma versão mais atual, com motor e tração traseiros, como era no Fusca original, e com propulsão elétrica.

As principais qualidades do novo Fusca são: utiliza o nome consagrado, possui motor 2.0 TSI de 200 cv de potência e o projeto é baseado na plataforma do Jetta, veículo de sucesso da montadora. Já entre os pontos negativos estão a suspensão que é muito rígida, o que atrapalha quando o veículo passa em buracos, apesar de o nome ser igual, o veículo é muito diferente do clássico e o pouco espaço nos bancos traseiros.

Outro carro que não consta mais no portfólio da Volkswagen é o modelo Comfortline do Passat, vendido por R$ 164.890 e possuindo motor 2.0 turbo a base de gasolina, 220 cv de potência e torque de 35,7 kgfm.