Atualmente está muito comum colocar rastreador nos veículos para, assim, conseguir melhores descontos nos seguros automotivos ou, até, nem contratar este serviço.  

A dúvida que fica é se compensa não pagar o seguro e pagar a instalação do rastreador e sua mensalidade. A resposta desta dúvida é que não compensa, pelo menos, na maioria das vezes, já que o seguro cobre muitos outros imprevistos, como acidentes e perda total, por exemplo. Já o rastreador somente monitora o carro por 24 horas, o que torna possível que, se o veículo for roubado, ele possa ser encontrado. Alguns rastreadores também podem bloquear o carro, impedindo que seu motor e pedais funcionem. Pela grande chance de encontrar o veículo após um roubo é que as seguradoras dão descontos para quem possui o rastreador.

Uma desvantagem do rastreador é que, além do valor da instalação, em média de R$ 299,00, o contratante ainda deve pagar uma mensalidade de R$ 54,90, ou seja, o custo total do rastreador pode chegar à 960 reais a cada ano, sendo que as seguradoras dão, geralmente, um desconto de até 400 reais nas apólices de carros populares. A vantagem de utilizar o rastreador é para os donos de carros do tipo picapes, que possuem o valor da apólice bem alto, já que são muito visados por ladrões e seu custo de manutenção é mais caro.


Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.