Limites dos estepes temporários


O estepe temporário surgiu para diminuir o problema de espaço no bagageiro dos carros, já que os pneus reservas ocupavam muito desta parte do veículo. O estepe possui a roda mais fina e leve, porém, deve ser utilizado somente para emergências, já que possui muitas limitações.



Quando o pneu de um veículo fura, ele deve ser trocado por um estepe, temporariamente, e quanto à montagem, acontece como a montagem comum, a diferença é que o motorista precisará ter atenção quanto aos limites do estepe, como a velocidade e distância percorrida, por exemplo. O aconselhável é que o estepe seja utilizado a, no máximo, 80 quilômetros por hora e por 80 quilômetros de distância, e, em seguida, que seja trocado por outro pneu.

Se o condutor não respeitar estes limites e aumentar a velocidade a borracha do pneu pode estourar e, para distâncias maiores do que 80 quilômetros, o pneu se desgasta e pode ficar sem borracha, fatores que causam acidentes e gastos ainda maiores para o proprietário do veículo. Outro cuidado que os motoristas devem ter é se o veículo estiver com estepe e for necessário frear bruscamente, pois o pneu temporário não mostrará muita eficiência, porque, como as rodas são mais finas, um dos lados do carro tenderá a frear de forma errada e mais lenta.




Você precisa de ajuda para regularizar o documento de seu veículo? Recebeu uma notificação de infração de trânsito (multa) e e deseja recorrer? Então você precisa de um Despachante Online. Conheça nossos serviços. Saiba mais.
Este site divulga conteúdos baseados em informações do Detran de seus respectivos Estados, e facilitando a vida do cidadão com informações sobre Multas, IPVA, CNH, Agendamentos, além de dicas sobre o trânsito e concursos públicos promovidos pelo órgão.
Dessa maneira, estamos à disposição do cidadão brasileiro para oferecer informações, e que esta se reverta em facilidades.