Motos mais caras do país


Os apaixonados por motos sabem que uma motocicleta pode custar preços altíssimos e, para termos ideia destes valores, vejamos abaixo as motos mais caras do Brasil.



Na listagem das motos mais caras do Brasil aparece somente o modelo com valor mais alto de cada família e, desta forma, a motocicleta que ganha como a mais cara e mais potente do país é a Panigale V4 R, a qual pode ser comprada por 250 mil reais e que teve mais visibilidade por causa do Campeonato Mundial de Superbike. A moto que ocupa o segundo lugar do ranking de mais caras é a Harley-Davidson CVO Limited, com o valor de R$ 172.900 e motor Milwaukee-Eight 117.

No terceiro lugar das motos mais caras do país e custando R$ 156.550 está a Honda GL 1800 Gold Wing Tour, que possui motor 6 cilindros de 1.833 cm³, painel LED, airbag, assistente de rampa e suspensão eletrônica. Em seguida está a BMW K 1600 GTL, com o valor de R$ 151.500, com ignição sem chave e troca de marcha sem embreagem.

As outras motos mais caras do Brasil são: em quinto lugar a Kawasaki Ninja H2 SX SE, com o preço de R$ 129.900; em sexto lugar a Harley-Davidson Ultra Limited Touring, com o valor de R$ 103.900; em sétimo lugar a Ducati Multistrada Enduro LE, por R$ 97.900; em oitavo a BMW R 1200 GS Adventure com kit baixo eTFT, com o preço de R$ 96.550; em nona colocação está a Ducati XDiavel S, por R$ 95.900; e no décimo lugar está a moto Kawasaki Ninja ZX-10R SE 2019, com o valor de R$ 93.990.